Alegria em sua presença

O evangelho retrata Jesus como alguém que apreciava a vida e sobre tudo as pessoas como dádivas de amor das mãos do Pai. As personagens secundárias com quem Jesus deparou em seu ministério reagiram de diversas formas diante dele e de sua mensagem, mas foram poucos os que reagiram com melancolia ou tristeza. (E os que assim reagiram foram os que, como o jovem rico, rejeitaram sua mensagem.) A presença viva de Jesus suscitava alegria e trazia libertação. A alegria era, aliás, o resultado mais característico de todo o seu ministério aos maltrapilhos.

Agora vou para ti, mas digo estas coisas enquanto ainda estou no mundo, para que eles tenham a plenitude da minha alegria. João 17.13

Fonte : Meditações para Maltrapilhos by Brennan Manning

Ore pelos missionários que estão espalhados pelo mundo, hoje estamos de luto!

Missionária brasileira é espancada até a morte por grupo terrorista LUTO pela missionária Vanessa, que lutou para propagar a palavra do Senhor, mas infelizmente foi impedida por terroristas. Deus fará justiça. A jovem missionária de 23 anos, Vanessa R. dos Santos que concluiu seus estudos missionários no Sul do País onde…

Continue Lendo